Seguidores

sábado, 15 de junho de 2013

PROTESTOS EM SÃO PAULO

Conversa entre Governador Alckimin e Secretário de Segurança Pública de São Paulo:
GOV - Fernando como estão as coisas, aí?
SSP-Sr Governador hoje tem protesto novamente...
GOV- Então precisamos mudar o foco, o que vamos fazer, ano que vem tem eleição o Aécio já me ligou me pedindo providências! Quantos vândalos estiveram no último protesto?
SSP- De duas a três mil pessoas, mas segundo a Folha agora serão umas cinco mil, porquê?
GOV-Coloque um efetivo de policiais para mil.
SSP-Me desculpe Sr , mas vai virar uma praça de guerra, aí que tudo vai pros ares.
GOV-Não! E ainda dê ordens expressas e terminantes aos seus coronéis que em hipótese alguma estes vândalos podem chegar a Paulista.
SSP-Mas Sr me desculpe isto é uma insensatez.
GOV-Faça o que mandei...
O resultado disto todo mundo viu, policiais cercados , acuados e armados tudo que eles queriam para mudar o foco.
Pois o holofote da questão mudou, na bagunça generalizada que virou o protesto até repórteres foram atingidos.
Estes  políticos são “RAPOZAS” tudo é planejado nada é ao acaso, pobre de quem pensa o contrário.
A mídia que também diga-se de passagem é “comprada” fez o quê ? Mudou o foco, a polícia é violenta, é isso que dizem.
Mas quem é o patrão da polícia?
Quem determina e dá as ordens?
Eles são treinados para conter distúrbios civis, mas que controle existia ali?
O que eu vi na TV ( para euforia  de Marcelo Rezende e cia), foi uma desordem, e policiais despreparados e acuados.
Falo isso com conhecimento de causa.
Isso aconteceu com o protesto dos professores em 2010. Quando em uma inauguração na grande São Paulo, o carro do então governador (também TUCANO) José Serra foi atingido por ovos jogados por professores ,que lutavam por melhores salários e queriam uma negociação com o Gov. Serra, simplesmente ele surtou.
Uma semana depois ele DEU ORDENS EXPRESSAS para que a polícia BATESSE nos manifestantes professores, e disse que se os professores conseguissem chegar perto dele “cabeças iriam rolar”.
Agora me diz vc ainda acha que está conversa acima não aconteceu?






São Paulo, quinta-feira, 25 de março de 2010

PM prende 4 em protesto contra Serra
Grevistas de sindicato de professores de São Paulo fizeram "apitaço" durante evento com a presença do governador

Policiais dizem ter alertado professores de que não pode haver barulho em hospital; tucano não comenta ato, e deputado vê ação eleitoral 

Michel Filho/Agência O Globo
Professores e policiais militares em confronto durante ato de protesto contra o governador José Serra, que estava em palanque a cerca de 50 metros do tumulto